Argel (Luca) - Fui ao inferno e lembrei-me de ti

Com capa de Patrícia Lino a partir de uma gravura de Hans Holbein.

Foi composto e paginado por Pedro Santos.

Edições Averno.

2019. 42 Págs. broch.
10,00 €.

Piolho 027

Revista de Poesia.

Neno, Ana Filipa Correia, Maria Afonso, Maria Araújo, Verónica Figueiredo, Manuel da Silva Ramos, Carlos Ramos, António S. Oliveira, José Pascoal, Francisco Cardo, Fernando Guerreiro, Amadeu Baptista, Henrique Manuel Bento Fialho, Noel Petinga Leopoldo, António Amaral Tavares, José Guardado Moreira, António Terceiro, Luís Oliveira, Humberto Rocha, José Duarte, Izidro Alves, Rui Azevedo Ribeiro, Luís Ferreira, Sérgio Ninguém e A. Dasilva O.

Nota final: com a publicação desde número da Piolho, damos por terminado este projecto editorial.

Arranjo gráfico e capa. Meireles de Pinho.

Editor: António S. Oliveira.

Edições Mortas / Black Sun Editores.

2019. 48 Páginas, agrafado.
8,00 €.


O Cão Celeste # 13

Diniz Conefrey, Manuel de Freitas, Emanuel Jorge Botelho, Cláudia Dias, Andrea Bassani, Urbano, Rui Pires Cabral, John Matter, Abel Neves, Ana Biscaia, Daniela Fortuna, Gil de Carvalho, Guilherme Faria, Isabel Baraona, Luís Filipe Parrado, Nunes da Rocha, João Concha, André Lemos, Bruno Guerra, Miguel Martins, António Barahona, Bruno Borges, Jorge Roque, Isabel Nogueira,
Alexandre Esgaio, Ricardo Castro, Fernando Guerreiro, Silvina Rodrigues Lopes, Daniela Gomes, Manuel Diogo, Ana Isabel Soares, José Francisco Azevedo, Ricardo Álvaro, Silvia Giacomino, Tania de Léon, Débora Figueiredo, A. Maria de Jesus, Luís Henriques e Bruno Dias.

Desenho da capa: Ana de Menezes.

Direcção de Inês Dias e Manuel de Freitas.

Coordenação gráfica de Luís Henriques.

Junho de 2019. Lisboa. 101 Págs. broch.
15,00 €.

Cabral (Rui Pires) - Simple Science

Foi composto e paginado por Pedro Santos.

Edições: Alambique.

Maio de 2019. 32 Págs. broch. Língua: Inglês.
14,00 €.

Crews (Harry) - O Cantor de Gospel

Tradução de José Miguel Silva.

Revisão de Andreia Baleiras

Capa e grafismo de Luís Henriques.

Paginação de Diogo Vaz Pinto.

Edições: Maldoror.

2019. 283 Págs. broch.
16,00 €.


Mapa: Jornal de Informação Crítica

Neste jornal, protestos no Alentejo contra os impactes no território, nas pessoas e no ambiente pelas monoculturas agrícolas. O software livre num mundo fechado. Não às Minas, sim à vida! O Naturismo libertário. Hortas comunitárias no Porto. A visão decrescentista sobre as contestações internacionais pelo clima. Práticas e perspectivas do decrescimento por A. Cândido Franco. As lutas das mulheres. O Candomblé, na análise de J. Carmo Gomes. O massacre de Tiananmen, os vistos atribuídos à burguesia chinesa, pela pena de J. Valadas. O Jornal entrevista A Habita - Associação pelo direito à habitação e à cidade. Ainda a B. D. de  J. Smith,  Greve dos Combustíveis e Mercadorias...

Número 24.
Agosto-Outubro de 2019.
Trimestral / Ano VIII.
PVP. 1€.

Estupida

A. Sarmento Manso, Meireles de Pinho, A. Dasilva O., Alexandra Salomé, Luís Manteigas, Lopes da Silva, Fernando Guerreiro, Natascha Bell, Sophie Calle, Arne Svenson, Santiago Sierra, Dies Depoorter,
José Duarte, F. Perey Smith, Francisco Serra Lopes, Danyel Guerra, Vitor Gil Cardeira, Raul Simões Pinto, Neno, Alexandra Couts, Pedro Silva Sena e Luís Ferreira

Magazine.

Nº 7.

Maio 2019.

Edições Mortas, Black Sun editores e N edições.

52 Páginas, agrafado.
10,00 €.

Caeiro (Rui) - O Sangue a Ranger nas Curvas Apertadas do Coração

Obra Reunida.

Capa e grafismo de Luís Henriques.

Paginação de Rui Miguel Ribeiro.

Revisão de Andreia Baleiras.

Edições: Maldoror.

Lisboa, 2019. 796 Páginas, encadernação editorial.
22,00 €.

Baptista (Jacinto) - Surgindo Vem ao Longe a Nova Aurora...

Para a história do diário sindicalista A Batalha 1919-1927.

Jornal diferente dos outros (mesmo oposto aos outros), voz singular da imprensa portuguesa no período compreendido aproximadamente entre o fim da Primeira Guerra Mundial e o advento da Ditadura Militar, o diário A Batalha (1919-1927) é uma das mais salientes e vigorosas projecções do nosso movimento operário organizado. A sua linha de vida - nascimento, ascensão e morte (compulsiva) - acompanha e reflecte, durante quase uma década, a sorte do proletariado português na fase de deterioração mortal da I República. Subordinada a uma ideologia específica - o sindicalismo revolucionário -, A Batalha não foi solidária, ou raramente foi solidária, do regime que entendia ser a expressão política do principal inimigo: a democracia burguesa. Mas apenas um ano sobreviveu o jornal operário à I República. Afinal, o fascismo nascente era o mais temível inimigo de ambos; e da liberdade. Esta evocação tenta recuperar, para a memória colectiva, a imagem de um jornal incomum, que apesar de todas as limitações, próprias ou impostas, chegou a ser a terceira tiragem da imprensa portuguesa do tempo. (da contracapa).


Capa: Pedro Serpa.

Revisão: Andreia Baleiras.

Edição: Livraria Letra Livre . A Batalha.

Edição fac-símile a partir da sua 1. ª edição de 1977.

Lisboa. 2019. 214 Págs. broch.
15,00 €.

Taibo (Carlos) - Colapso

Capitalismo Terminal, Transição Ecossocial, Ecofascismo.

Ainda que o discurso político e mediático actual vire as costas a qualquer debate relativo a um eventual colapso do sistema em que vivemos, essa possibilidade existe. Nesta obra examina-se, de forma pedagógica, o conceito de colapso, estudam-se as possíveis causas e consequências do mesmo, apresentam-se duas respostas diferentes - os movimentos pela transição e o ecofascismo - e analisam-se as diferentes percepções populares que o fenómeno suscita. (da contracapa).

Tradução: Pedro Morais.

Revisão: Andreia Baleiras.

Grafismo & Capa: Pedro Mota.

Edição: Livraria Letra Livre & Jornal Mapa.

2019. 241 Págs. broch.
12,00 €.

Gazeta Literária

Leonardo Coimbra, Francisco Duarte Mangas, Domingos Lobo, Fernando Namora, Lucca Tartaglia, Luca Argel, José Carlos Costa Marques, Ivo Machado, Nuno F. Silva, Ademar Costa, Bruno Monteiro, Jorge Sarabando, Pedro Baptista, Alexandre Teixeira Mendes, Vitor Ranita, José Manuel Teixeira da Silva, Domingos da Mota
e Manuela Espírito Santo.

Inverno 2018 | N.º 4.

Edição: Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto.

Diretor e editor Francisco Duarte Mangas.

Design de Abigail Ascenso.

Porto. 58 Págs. broch.
10,00 €.

Flauta de Luz

Boletim de Topografia Nº 6.

AAVV.

Ordenaremos as nuvens e impediremos as tempestades, reteremos as exalações pestilentas, investigaremos os terramotos para os desenterrar, dissipando os seus gases nocivos, esventraremos os vulcões para lhes tirar o veneno, extraindo a semente. Limparemos a água, aqueceremos o fogo, esfriaremos o gelo e escoraremos a terra. Ensinaremos os pássaros a voar, os peixes a nadar, os ruminantes  a ruminar. Já era tempo de nos dedicar-nos a tais coisas! E que poderá fazer o homem para melhorar e embelezar todo o sistema? Para que as estrelas brilhem mais? Para que o Sol seja mais radiante e jubiloso, e a Lua mais plácida e satisfeita? E não poderá ele aperfeiçoar a cor das flores e a melodia dos pássaros?
...
Pouco nos interessam as mais prodigiosas invenções dos tempos modernos. São um insulto à natureza.

H. D. Thoreau, «Paradise (To Be) Regained», 1843.
(da contracapa).

Director e editor: Júlio Henriques.

Design gráfico e paginação: Gonçalo Mota.

Ilustrações: Álvaro Nogueira, André Montanha, Bruno Borges, Gerharder Haderer, Gonçalo Mota, José Miguel Gervásio, Maria Ramalho, Miguel Carneiro, Rosa Gauditano e Sol Morgenstern.

Na capa fotografia de Rosa Gauditano.

Tradução (salvo outra indicação): Júlio Henriques.

Revisão: Alice Corinde.

2019. 275 Págs. broch.
PVP. 10,00 €.


Pimenta (Alberto) - Zombo

Capa e paginação: Rui Miguel Ribeiro.

Revisão: Mariana Pinto dos Santos e Rui Miguel Ribeiro.

Edições do Saguão.

2019. Lisboa. 115 Págs. broch.
13,00 €.

Barahona (António) - A Fina Flora do Crepúsculo

O Sentido da Vida é Só Cantar
(Suma Poética)

Sétimo Tômo.

Capa de Andrea Martha.

Desenho no miolo de Luis Manuel Gaspar.

Foi composto e paginado por Inês Mateus.

Edições Averno.

2019. 146 Págs. broch.
15,00 €.

Almeida (Fialho de) - Os Gatos

Obra completa em 2 volumes.

RBA Editores. 2006. 608 + 728 Páginas, encadernação editorial em sintético, com dourados. Usado.
28,00 €.

Raiz & Utopia

Crítica e alternativas para uma civilização diferente.

A. J. Saraiva, C. L. Medeiros, J. Baptista, R. Cinatti, F. G., P. Hanák, S. Frankel, D. Martin, T. Rita, T. Sá, J. Firmino, H. V. Silva, J. B., J. Kovács e M. A. Pires.

Director e directores-adjuntos: António José Saraiva, Carlos L. Medeiros e José Baptista.

Revista trimestral nº 1 primavera 1977.

176 Págs. broch. Usado.
10,00 €.