Botelho (Adriano) - Memória & ideário

Antologia de Textos.

Quase um século dedicado à militância anarquista, nasceu em 1892 e faleceu 1983, passou pelas lutas da Primeira República, depois a resistência ao regime ditatorial, com o 25 de Abril voltou de novo à divulgação das propostas libertárias.

Organização e introdução de Carlos Abreu e João Freire.

Carta e prefácio de Aurélio Quintanilha.

Edição: Região Autónoma dos Açores. 1989. 229 Págs. broch.
7,50 €.