Brinton (Maurice) - Os Bolcheviques e o Controle Operário

1917 / 1921.

Em toda a parte do mundo, os homens, na sua grande maioria, estão privados de qualquer controle sobre as suas decisões que afectam a sua vida do modo mais profundo e mais directo. Vendem a sua força de trabalho, enquanto que outros, que possuem ou controlam os meios de produção, acumulam riquezas, fazem as leis e utilizam o aparelho de Estado para perpetuar e reforçar os seus privilégios, Grupo Solidarity, de Londres.

Tradução: Carlos Miranda.

Edições: Afrontamento. Porto. 1975. 211 Págs. broch. Usado. € 7,00.