Schmid (Jakob Robert) - O Mestre-Camarada e a Pedagogia Libertária

As comunidades escolares livres que J. R. Schmid analisa nesta obra foram fundadas em Hamburgo, logo após a Primeira Guerra Mundial. Tratava-se de quatro escolas oficiais, contando cada uma delas mais de 600 alunos. Instituições similares, baseadas no modelo dessas escolas  de Hamburgo, vieram a fundar-se também em Bremen, Magdeburgo, Groszschocher (perto de Leipzig) e em Berlim.
O seu interesse não reside em qualquer novo método que os professores tenham descoberto e aplicado. Pelo contrário: a sua especificidade  consiste essencialmente no facto de que, nenhuma dessas escolas, se usava qualquer  espécie de «método»!

Tradução de Maria Alice Vila Fabião.

Básica Editora. Lisboa. 1975. 277 Págs. broch. Usado. € 11,00.