Cão Celeste 10

Com o mercado livreiro quase resumido a cadeias como a Fnac, a Leya ou a Bertrand, tornou-se evidente que os livros não dirigidos ao chamado «grande público» passaram a ter de ser procurado em lugares ínvios, guetos jubilosos que surgem, quase sempre, em tempos de barbárie, Manuel de Freitas.

AAVV.

Direcção de Inês Dias e Manuel de Feitas.

Coordenação gráfica de Luís Henriques.

Edição: Cão Celeste. 2016. 174 Págs. broch. € 17,00.